São Sebastião

São Sebastião foi um soldado romano, oficial e chefe da guarda que fazia a proteção pessoal do Imperador, chamada Guarda Pretoriana. Em seu tempo ele foi incumbido da guarda do Imperador Diocleciano e tornou-se querido por este.

Ao contrário do que a maioria pensa, São Sebastião não morreu por causa das flechadas, como sempre é representado, mas foi morto num circo de Roma.

Ele nasceu por volta do ano 260 d. C, em Narbônia, uma cidade da antiga Gália, atual França. Sua família mudou-se para Milão, Itália, quando ele ainda era pequeno. Sua família era cristã e firme na fé mesmo nos tempos de perseguição ao cristianismo.

Completando a idade, o jovem Sebastião decidiu entrar para a carreira militar, que era bastante promissora no império romano. Como tinha vocação para a vida militar, subiu de posto várias vezes e tornou-se membro da Guarda Pretoriana, cargo muito importante no exército romano.

Pode parecer que Sebastião vivia uma espécie de divisão em sua vida sendo cristão e tornando-se um alto oficial do exército que perseguia os cristãos. A verdade, porém, é que desde o início ele pensava em usar de seu cargo para proteger e auxiliar os cristãos presos e perseguidos. E assim ele o fez por muito tempo, às escondidas.

São Sebastião não só protegeu e libertou cristãos perseguidos, como também evangelizou e converteu soldados romanos, inclusive alguns da Guarda Pretoriana. Por causa do posto que ocupava, de seu caráter e influência, ele converteu até mesmo o Governador da cidade de Roma, chamado Cromácio e o filho deste, chamado Tibúrcio.

Esta notícia, porém, chegou aos ouvidos do imperador Diocleciano, que enxergou nas ações e na vida de Sebastião, uma grande traição. Ainda mais porque Diocleciano tencionava elevar Sebastião a postos mais altos no exército romano.

Diante do imperador, porém, São Sebastião assumiu sua fé em Jesus Cristo. Diocleciano ainda tentou dissuadi-lo, oferecendo-lhe a chance de renegar a fé cristã e ser elevado a cargos mais altos no exército. Sebastião, porém, não renegou sua fé e ainda argumentou sobre as injustiças que imperador cometia contra os cristãos.

Diocleciano, enfurecido, sentindo-se traído, ordenou que Sebastião fosse amarrado a uma árvore e morto a flechadas. Assim, os próprios subordinados de Sebastião, soldados da Guarda Pretoriana, amarraram-no e dispararam contra ele várias flechas.

Por causa da habilidade dos soldados e das partes do corpo que as flechas atingiram, São Sebastião foi dado como morto. Por isso, foi largado ali mesmo, amarrado à árvore e com as flechas em seu corpo. Uma senhora cristã, porém, que tinha ido até lá para resgatar seu corpo e sepultá-lo, viu que ele milagrosamente ainda estava vivo.

Ela levou-o para casa e cuidou dele até que ele recuperasse a saúde. Uma vez recuperado, São Sebastião voltou a Diocleciano com o intuito de tentar convencê-lo de que sua conduta contra os cristãos era injusta.

Diocleciano se enfureceu mais ainda e mandou que ele fosse morto no circo. Assim, no dia 20 de janeiro do ano 288 São Sebastião foi morto após vários açoites, pauladas em todo o corpo e boladas de chumbo, para o prazer de uma multidão de sanguinários. Seu nome e sua coragem, porém, jamais foram esquecidos entre os cristãos. Aliás, seu testemunho inspirou a conversão de um grande número de cidadãos romanos ao cristianismo.

Por causa dos sofrimentos que enfrentou, São Sebastião passou a ser invocado como protetor contra pestes, epidemias e guerras em várias partes do mundo, inclusive no Brasil.

São Sebastião foi invocado na luta contra a invasão francesa na cidade do Rio de Janeiro, da qual é padroeiro, e a vitória foi alcançada. Na cidade de Valinhos, SP, São Sebastião é o padroeiro por ter sido invocado e livrado a cidade de uma peste violenta que atingiu todas as cidades circunvizinhas, menos Valinhos.

O testemunho de coragem e fé por parte de São Sebastião é inspirador. Ele nunca deixou de ser cristão mesmo pertencendo às altas fileiras do exército romano. Que sua coragem inspire nossa vida e que, por sua intercessão, tenhamos a força de testemunhar Jesus Cristo onde quer que estejamos.

São Sebastião, rogai por nós.

São Sebastião       São Sebastião       São Sebastião

 


 

Vicente AbreuDiretor de programa e roteirista na Tv seculo 21.
Criação, roteiro e direção,  dramaturgia e  campanhas.
Ensino superior: PUCCamp Campinas Filosofia e Teologia
Google Plus

 

Share Button

5 Respostas para São Sebastião

  1. São Sebastião, interceda a Deus por meu filho Paulo Renato Ramos, ele é Autista e tem muitas dificuldades .Peço para mim força e ajuda. Um abraço em Jesus e Maria. Maria Dulce Baffi Ramos.

  2. São Sebastião, interceda a Deus por meu filho Paulo Renato Ramos, ele é Autista e tem muitas dificuldades .Peço para mim força e ajuda. Um abraço em Jesus e Maria. Maria Dulce Baffi Ramos.

  3. PEÇO SOCORRO A SÃO SEBASTIÃO NOS GANHAMOS UM TERRENO PARA CONSTRUIR UMA CAPELA PARA NOSSA SENHORA DO CARMO. POIS SOMOS CARMELITAS. E AGORA SURGIU UM TAL QUE DIZ SER DONO DO TERRENO E ESTAMOS AFLITOS POR FAVOR SÃO SEBASTIÃO NOS SOCORRE PELO AMOR DE DEUS, ISSO QUE ESTAMOS PEDINDO NÃO É PARA NOS MAIS SIM PARA OBRA DE DEUS NOS AJUDA ESTAMOS MUITO AFLITOS NEM TEMOS CONDIÇÃO DE COMPRAR NOSSA AJUDA SÓ PODERÁ VIR DO CÉU!!!

  4. São Sebastião interceda pela minha vida financeira, que eu consiga pagar minha dívidas.saí dessa situação. Eu consiga arranjar outro emprego.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios