Músicas religiosas espirituais

“As músicas religiosas são para o espírito como orar duas vezes”.

Entre os diversos artigos religiosos, existe uma que se destaca e que também nos traz sossego, que são as musicas religiosa. Alguns gêneros de música que, quando independem de letra, quando só instrumentais, provocam em seus apreciadores “cultuados”, um deleite muito especial.

Por isso, se afirma que o “veículo” da boa música é a alma, o que a torna vocacionalmente religiosa. Entretanto e, infelizmente, a grande maioria das pessoas de todas as classes sociais, hoje, não está “refinada”, para esses gêneros e formatos musicais. Mas, por exemplo, trechos de “Jesus, alegria dos homens”, de Bach, são muito apreciados, pela maioria dos católicos, por sua alegria, vibração e estimulação. E, também, as versões orquestradas e ou, instrumentais das Aves Maria, tanto a de Bach, quantia de Gounod e a de Schubert, também são divinamente sublimes e executadas no mundo inteiro, músicas essas, que foram popularizadas no seio do publico católico.

Aqui no Brasil, as músicas religiosas “temáticas” católicas tiveram seu início mais midiático, e até, sem envolvimento da Igreja, no final dos anos 70. “Jesus Cristo”, “A Montanha”, “Apocalipse” e “Aleluia” (Roberto/Erasmo), e “Oração de um jovem triste” (Antonio Marcos) e, “Homem de Nazaré” (Cláudio Fontana).

Porém, o grande precursor temático, e até, desbravador “carismático”, compositor, cantor e produtor foi o excelente Padre Zezinho. Iniciou sua jornada artística nas igrejas a mais de 40 anos atrás, tendo seus discos capilaridade impressionante, em todas as camadas, em todos os recantos do Brasil, sendo um líder natural de vendas de CDs religiosos. É um arregimentador de multidões e fãs, por suas mensagens musicais contundentes. Temáticas “ousadas” e, muito pertinentes sobre a fé e a realidade do povo brasileiro. E há ainda, o grande feito do Padre Zezinho: ele é o “Davi”, lutando sem o apoio da mídia “global”, o “Golias” da TV brasileira.

Hoje, a música religiosa católica brasileira está num patamar bem desenvolvido e, a oferta de CDs religiosos é imensa, e muitos são os padres cantores e os artistas que se dedicam a essa nobre arte do espírito.

Além, do Padre Zezinho, tem outros excelentes compositores – cantores como os padres: Antonio Maria, Jonas Adib, Eduardo, Flavio de Melo, uma plêiade de outros nomes de “esplêndida” essência criativa musical (graças a Deus!).

Aliás, atualmente, dentre os mais importantes meios de expressão da fé religiosa católica (expressão dinâmica), encontram-se os Cds religiosos. Juntamente com os artigos religiosos – terços catolicos, escapulários, crucifixos, medalhas religiosas, rosários, santos catolicos, jóias religiosas – os Cds católicos ajudam a apaziguar o espírito, além de divulgar o imenso espectro cultural – religioso, que é o catolicismo.

. A saúde espiritual através dos CD´s religiosos.

A respeito disso, podemos, também, exemplificar o testemunhal de um fato real, referente aos dois CDs religiosos “No Canto dos Santos”, no relato a seguir.

Num imenso corredor hospitalar, de um hospital, por um bom tempo, ao invés de gemidos, queixas de dor ou expressões de impaciência nos leitos de recuperação, um lenitivo. Quase que um milagre de apaziguamento, de reconforto espiritual. Os pacientes demonstravam resignada esperança e as enfermeiras, ouviram expressões do tipo: “Puxa, que bom que tiveram a idéia de colocar esse tipo de musica para nós… É tão relax, me dá uma calma, uma esperança!”

As músicas que extasiavam os pacientes convalescentes, em recuperação, eram as músicas dos CDs religiosos “No Canto dos Santos” – são dois CDs, 16 músicas cada um. São 32 músicas sobre os santos, cantadas por grandes cantores brasileiros entre eles: Sylvinha Araújo, Jair Rodrigues, Jean Carlo, Jovane, Ângela Márcia, Silvio Brito, Eduardo Araújo, Meireane, Miltinho Rodrigues, entre outros. Tem como autor e produtor dessa fascinante obra musical, Tony Rochar, um publicitário redator, compositor e produtor cultural.

Tony Rochar, mergulhou nas pesquisas sobre a fantástica história dos Santos, extraindo passagens emocionantes. Incríveis! Conseguiu transportar para a devoção dos brasileiros as mais sublimes canções, que trazem também, muita cultura religiosa, bem estar e relax musical ambiental.

Entre todas as 32 músicas, algumas, já são sucessos para mais de 100 mil admiradores que adquiriram o Cds religiosos.

Destacam-se Santo Expedito, Nossa Senhora Aparecida, Santa Rita de Cássia, São Judas Tadeu, São José, Frei Galvão, Milagre do Sol, Sagrado Sangrando, São Francisco de Assis, Que Magia é Essa?, Nossa Senhora de Fátima, ao lado de tantas outras (+22), tão envolventes quanto artísticas e, musicalmente, relaxantes do espírito.

O maestro Flavio Augusto Gonçalves, assim se referiu aos 2 Cds “No Canto dos Santos” de Tony Rochar:

“No Canto dos Santos é um verdadeiro anúncio dessa fé, de esperança, através dos santos e mártires, exemplos para a humanidade. São nossos mensageiros junto a Jesus a ao Divino, tão merecedores das canções de fé do Tony Rochar”.

A respeito do processo criativo da música religiosa, Tony Rochar explica:
“Tanto a inspiração, quanto o processo para criar músicas religiosas, diferem-se, sobre maneira, da criação de uma música popular normal, romântica, sertaneja, pop, mpb, etc. Sendo uma temática determinada (história religiosa), bem mas difícil ainda, se o tema for “balizado”, estreitado, como no caso, “os Santos”. A criação, nesse caso, tem que ser muito “inspiradora”, como, se vêr, para poder passar a mensagem, de acordo com a intenção e imaginação, que o compositor idealizou.

Os “ingredientes” dessa criação são predeterminantes, por exemplo:

- que gêneros melódico e rítmico combinam ou ornam melhor com essa história;
- que história tem o “personagem” (no caso, o santo) e em que contesto morreu (martirização);
- que publico é devoto desse santo?;
- Apelo: “alegre”, “louvador” ou “plangente” (petição ou bendito).

Por outro lado as músicas religiosas de louvação já podem ser mais leves e menos balizada, permitindo ao compositor muito mais liberdade para a melodia ritmo e empolgação

Aliás, entre os vários artigos religiosos católicos, temos, também, ótimos “mensageiros” em Cds católicos. Todos levando a melhor mensagem para espíritos flamejantes de esperança e que a sublime música espiritualizada ajuda a levitar!

Fonte: T. Rantô Rochar (Redator Cultural/Compositor) – Formado em Comunicação e Marketing pela ESPM – SP. 74 – Curso de Filosofia, Marketing Fundamental.É autor da Obra Musical no “Canto dos Santos”.

 


 

Vicente Abreu

Diretor de programa e roteirista na Tv seculo 21.
Criação, roteiro e direção,  dramaturgia e  campanhas.
Ensino superior: PUCCamp Campinas Filosofia e Teologia
Google Plus

 

Share Button

One Response to Músicas religiosas espirituais

  1. EU JA COMPREI O PRIMEIRO VOLUME CANTO DOS SANTOS ESTIVE NA IGREJA DE SANTOS EXPEDITO E ENCONTREI ESTE CD ADORO OUVIR SEMPRE ESTE CD E GOSTARIA SABER SE TEM UM NOVO DESTE AGRADEÇO PELA ATENÇÃO MUITO OBRIGADA

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios

*